CinematecaAcervoProgramaçãoNotíciasEducaçãoServiços

CinematecaAcervoProgramaçãoNotíciasEducaçãoServiços

15 de abril de 2019

Filiação a FIAF

A relação da Cinemateca com a Federação Internacional de Arquivos de Filmes, entidade associativa e de intercâmbio de conhecimentos, acervos e iniciativas no campo da formação, responsável por congregar os arquivos audiovisuais do mundo inteiro, é longa e nuançada. Começa em 1953-54 quando Antônio Muniz Vianna e Ruy Pereira da Silva, então desenvolvendo tratativas para a criação de um arquivo de filmes dentro do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, empreendem uma viagem de contatos e estudos a diversas cinematecas e similares no Estados Unidos e na Europa, muitas das quais já integravam a Federação. Pouco depois da inauguração e das primeiras sessões o então Departamento do Filme se torna membro correspondente da FIAF, status alterado para membro observador em 1959. Ao passar em meados dos anos 60 a ser uma referência importante e influente em termos latino-americanos e “terceiro-mundistas”, retira-se formalmente da entidade, antes mesmo de ser aceita concretamente como membro regular. Questiona-se o excessivo etnocentrismo europeu da política e das práticas da entidade. Apesar de frequentar informalmente os congressos  e encontros, o retorno oficial, na prática o ingresso de fato na Federação, só se dá em 1979, quando a Cinemateca adquire a condição de membro afiliado, status que manteve até 2004, quando passou a condição de arquivo associado, que se mantém até a atualidade.


  Av. Infante Dom Henrique, 85
Parque do Flamengo - Rio de Janeiro

  (21) 3883-5600

  [email protected]