O Mestre de Rimini

As comemorações do centenário de nascimento de Federico Fellini seguem em fevereiro na Cinemateca. Em complemento à exposição “O cérebro (e a caminhada) de Guido Anselmi” apresentamos um pequeno, e singular, percurso pela filmografia de Fellini. Nesta retrospectiva, para além de obras incontornáveis de sua filmografia, destacamos alguns trabalhos em que Fellini foi roteirista e ator. Propomos algumas aproximações com outros cineastas que inspiram a obra felliniana – como Charles Chaplin – e/ou que se assemelham nas formas e metodologias de trabalho – como Alfred Hitchcock. Por último, buscamos apontar algumas pistas de como o cinema contemporâneo pode ter desenvolvido certas características marcantes do cinema felliniano, como a fantasia, a suspensão do real ou formas de trabalhar a memória. Tais aproximações e provocações surgem baseadas em reflexões de três críticos que produziram textos inéditos para o catálogo da exposição, a saber: Julhia Quadros, Ruy Gardnier e Luiz Carlos Oliveira Jr. Dessa forma, oferecemos este sobrevoo da obra de um dos cineastas mais singulares da história do cinema mundial.

José Quental
curadoria

Mostras de Filmes


  Av. Infante Dom Henrique, 85
Parque do Flamengo - Rio de Janeiro

  (21) 3883-5600

  atendimento@mamrio.org.br