6 de maio de 2020
Este mês | Meses anteriores | A seguir

 

AGOSTO 2020

Programação presencial temporariamente suspensa.
Programação online gratuita no Vimeo.

Mostra Cinemateca do MAM 65 anos  10 jul – 6 ago
Mostra Petrobras de filmes para crianças 13 jul – 13 ago
Cinema Brasileiro Contemporâneo  7 – 30 ago

SEG 13 jul – QUI 13 ago
sessão 1 | Mostra Petrobras de filmes para crianças
Minutos Lumière de Estudantes da Escola de Cinema CINEAD do CAp UFRJ Nelson Pereira dos Santos. Brasil, 2013-2019. Documentário. 5’30” + Nimbus, o Caçador de Nuvens de Marco Nick. Brasil, 2016. Animação, 16’40”.

 

 

SEG 20 jul – QUI 13 ago
sessão 2 | Mostra Petrobras de filmes para crianças
Minutos Lumière de Escolas de Cinema CINEAD de Educação Básica. Brasil, 2013-2019. Documentário, 15′.

 

 

SEG 27 jul  – QUI 13 ago
sessão 3 | Mostra Petrobras de filmes para crianças
As Aventuras do Chauá de Alunos da Escola Municipal Santo Antônio do Norte. Brasil, 2016. Animação, 4′. + No Caminho da Escola de Alunos do Projeto Animação Instituto Marlin Azul. Brasil, 2017. Animação, 9’18”. + Space Scape de Bruno Monteiro. Brasil, 2017. Animação, 3’56”. + O Fim da Fila de William Côgo. Brasil, 2016. Animação, 2’47”. + Macacada de Thomas Larson. Brasil, 2016. Animação, 4’05”. + Caminho dos Gigantes de Alois Di Leo. Brasil, 2016. Animação, 11’52”.

 

 

SEX 31 jul – QUI 6 ago
sessão 4 | Mostra Cinemateca do MAM 65 anos
Sessão ABPA 2019. Gafieira de Gerson Tavares. Brasil, 1972. 12′ + Creche-Lar de Maria Luiza Aboim. Brasil, 1978. 9′. + Carnaval de Rua – Porto Alegre de Wilkens Filmes Ltda. Brasil, 1959. Documentário 5′. + Pantera Negra de Jô Oliveira. Brasil, 1968. 3′. + Eclipse de Antonio Moreno. Brasil, 1984. 12′.

 

 

SEX 7 – QUI 13
Uma questão de fé de Elber Xavier. Brasil, 2020. Documentário, 21’. Classificação indicativa livre
Um dos movimentos religiosos mais tradicionais, o cortejo a Iemanjá é celebrado em todo o Brasil. No Rio de Janeiro, o documentarista Elber Xavier registra detalhes da homenagem, desde o Mercadão de Madureira, local de partida, até a praia de Copacabana. Durante o percurso, especialistas e líderes do movimento contam detalhes históricos e sobre a importância dessa celebração.
Saiba mais

 

 

SEX 14 – QUI 20
Animal Indireto de Daniel Lentini. Brasil, 2019. Documentário. 51’. Classificação indicativa livre
Após um ataque de pânico severo, o cineasta Daniel Lentini é diagnosticado com ansiedade e depressão. Com a intenção de usar a arte como um válvula de escape e uma ferramenta terapêutica, ele parte em uma viagem para filmar a realidade do Brasil, de Cuba e do Haiti.

Edna de Edna Toledo. Brasil, 2018. Documentário, 16’. Classificação indicativa livre
Através de objetos ao redor do seu quarto a cineasta dialoga consigo mesma sobre sua história pessoal para combater a fibromialgia.

TER 18 – QUI 27
Sessão especial Recine – Festival Internacional de Cinema de Arquivo
Cacaso na corda bamba de José Joaquim Salles e Ph Souza. Brasil, 2016. Documentário. 88’. Classificação indicativa livre. Filho de uma família rural e destinado a trabalhar com criação de gado, Antonio Carlos de Brito encontrou na poesia um sentido para a vida transformando-se em Cacaso. O artista multifacetado, que incendiou a juventude carioca em aulas e discussões sobre a arte, mudou a poesia brasileira, sendo um dos precursores do movimento marginal. Irônico e perspicaz, Cacaso foi responsável por reunir um grande número de artistas e intelectuais em projetos e parcerias, deixando um indiscutível legado literário e musical.  

SEX 21 – QUI 27
Juliana na cinemateca de Diego Quinderé e Estevão Mabilia Meneguzzo. Brasil, 2017. Documentário. 18’. Classificação indicativa livre
O documentário mostra a cinemateca do MAM no Rio de Janeiro, que conta com um acervo de 80 mil rolos de filmes. Ocupada com a restauração das obras, Juliana lida com a deterioração e os constantes dilemas presentes na preservação de filmes.

Valentina de Estevão Mabilia Meneguzzo e André Felix. Brasil, 2017. Com Gabriela Fabriani, André Emidio, Hernani Heffner, Flavio Migliaccio, Daniel Passi. 16’. Classificação indicativa livre
Valentina precisa tomar uma importante decisão em sua vida enquanto trabalha com preservação de filmes na Cinemateca do Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

SEX 28 – QUI 3 set
Me Cuidem-se! – Um Filme Processo (parte VI) de Bebeto Abrantes e Cavi Borges. Brasil, 2020. Documentário. 20’. Classificação indicativa 12 anos
Pessoas das mais variadas idades, credos, profissões e grupos sociais em rigorosa quarentena. Elas dão depoimentos, gravam cenas em suas casas e rotinas alteradas, fazem lives, tiram selfies, filmam a cidade de suas janelas e nas breves saídas por necessidade, registram as transformações da urbe por conta da pandemia do coronavírus. São com esses relatos/diários de nossos personagens, que está sendo construída a narrativa de ME CUIDEM-SE!, um filme processo.

Mais detalhes sobre os filmes de agosto 2020 em Cinema Brasileiro Contemporâneo.